Vinícolas da região para quem aprecia vinhos finos e premiados

A imigração italiana fincou fundo suas raízes na Serra Gaúcha. Ainda bem! Com ela chegou o cultivo de uva viníferas e a produção de vinhos. E com o tempo, as famílias foram aperfeiçoando o trabalho e produzindo vinhos de melhor qualidade. Assim surgiram então as primeiras vinícolas.

vineyard with ripe grapes in countryside at sunset

Aqui em Gramado e Canela também contamos com empresas engajadas em produzir vinhos, espumantes e sucos de categoria internacional, inclusive premiados no Brasil e fora dele. Quem curte apreciar ótimos vinhos e espumantes tem que conhecê-las.

 Jolimont – essa vinícola é a mais antiga em atividade. Idealizada por um francês estabelecido na região em 1948, a Jolimont é uma das pioneiras no Estado na produção de vinhos finos e artesanais e a quantidade produzida por safra é limitada. A vitivinícola está localizada em Canela, em uma região rural de paisagens incríveis – o Morro Calçado.

As visitas devem ser agendadas e estas são diferenciadas, de acordo com o objetivo do visitante. Tudo vai depender do grau de envolvimento que você busca, o tempo que dispõe e o aprendizado e experiência que deseja. O melhor de tudo é quando ao final do passeio você tem a chance de conhecer os vinhos produzidos pela Jolimont.

A Jolimont não cobra taxas de visita e degustação. O agendamento deve ser feito apenas por grupos com mais de 20 pessoas. A vinícola abre diariamente das 9h às 17h, inclusive em feriados.

Tintos: cabernet sauvignon, tannat, merlot. | Brancos: moscato. | Espumantes: brut e moscatel (ambas premiadas com medalha de ouro no concurso Vinus na Argentina)

 Ravanello – Foi em 2005 que Normélio Ravanello iniciou a Vinícola Ravanello em Gramado. Os 2,4 hectares de vinhedos estão localizados junto à vinícola, na localidade de Linha Carazal (bem em frente ao Snowland), em encostas a cerca de 800 metros de altitude. A Ravanello conta também com um espaço para eventos sociais.

Com uma construção que lembra o casario da Toscana na Itália, o local é cenário para fotos incríveis durante uma visita. Aliás, as visitas devem tem horários: 10h, 11h, 14h, 15h e 16h, de segunda a sábado apenas. Domingos não abre e em feriados é bom consultar. O custo da visitação mais a degustação de três vinhos é de R$ 25,00.

Tintos: Cabernet sauvignon, tannat, merlot, pinot noir, teroldego. | Brancos: Chardonnay. | Espumantes: brut, extra brut e moscatel.

Casa Seganfredo – De início a propriedade da família Seganfredo era apenas para lazer e descanso quando esses deixavam à Capital, Porto Alegre. Com o tempo, a descendência italiana apontou um caminho para que aproveitassem melhor suas terras na localidade de Belvedere em Gramado. E foi aí que veio o projeto da vinícola, com vinho produzido apenas com uvas cultivadas na propriedade. O empreendimento familiar tem uma atividade realizada em pequena escala e meticulosa.

Visitas devem ser agendadas pelo telefone (51) 9966.0518. A taxa de degustação é de R$ 30,00, mas em caso de adquirir produtos da vinícola, não é cobrada.

Tintos: cabernet sauvingon, merlot, monte pulciano. | Brancos: espumante tradicional brut branco e rosè. | Suco de uva tinto. Toda a produção vem de uvas plantadas na propriedade.

Ficou curioso para conhecer as vinícolas? Possa te dar mais dicas. Preenche o formulário que te ajudo!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *